Cadeiras (clique no número para ver a cadeira correspondente):
01 | 02 | 03 | 04 | 05 | 06 | 07 | 08 | 09 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40
Cadeira nº 31 - Luiz Gonzaga Bertelli. PDF Imprimir E-mail

TITULAR


31.titular LUIZ GONZAGA BERTELLI2 LUIZ GONZAGA BERTELLI

Titular
Cadeira 31

O professor Luiz Gonzaga Bertelli, ocupante da cadeira 31 da Academia Paulista de Educação, nasceu em Dois Córregos, São Paulo, no dia 12 de fevereiro de 1935.
Ingressou na APE em 19 de junho de 2007, tendo sido saudado por Paulo Nathanael Pereira de Souza, atual presidente da APE.

Dentre suas atividades profissionais, foi diretor da Supergasbrás e da Onogás – Distribuidoras de Gás Combustível – e do Grupo Dedini.

Lecionou na Faculdade de Comunicação Cásper Líbero e da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).

Editou diversos livros e monografias sobre energia, petróleo, gás natural e álcool combustível, assim como publicou dezenas de artigos e proferiu palestras sobre o mesmo assunto e questões da educação nos principais jornais e revistas brasileiras. Nos últimos tempos, seu nome está fortemente associado aos assuntos referentes a estágios de estudantes de cursos técnicos, médios e superiores.

Luiz Gonzaga Bertelli atualmente éPresidente do Conselho de Administração do CIEE/SP, Presidente do Conselho Diretor do CIEE NACIONAL, Presidente da Academia Paulista de História – APH e Vice-Presidente da Academia Paulista de Educação – APE.

 



PATRONO


alt PEDRO VOSS

Cadeira 31
Patrono

Pedro Voss nasceu em São Paulo, no dia 29 de junho de 1871. Com apenas 17 anos de idade, dirigia “A Sentinela”, folha ideológica de propaganda republicana.

Em 1892, formou-se na Escola Normal da Praça, hoje Instituto de Educação Caetano de Campos. Em seguida, iniciou o magistério regendo a escola da cidade de Amparo e outros bairros, tornando-se logo conhecida a sua capacidade como professor, o que lhe valeu, em 1895, privilegiada nomeação para integrar o primeiro corpo docente da Escola Modelo de São Paulo ou Escola Modelo Prudente Moraes, sob a direção da notável educadora americana Miss Brown.

Um ano depois, Pedro Voss viria a substituí-la na direção da importante escola, iniciando-se, então, a sua carreira fecunda de grande administrador na esfera educacional paulista.

Em 1924, foi nomeado diretor da Escola Normal Caetano de Campos e, logo depois, Diretor Geral de Ensino do Estado, do qual se exonerou antes da posse do governo imediato.

Aposentado do ensino público estadual,dedicou-se ao ensino particular até os últimos momentos de sua vida. Pedro Voss falceu no dia 27 de julho de 1940.

ANTECESSOR


alt MARIO PIRES

Cadeira 31
Antecessor

Diretor do Ginásio Estadual "Monsenhor Seckler", de Porto Feliz.

Membro do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba.

Escreveu: "Biografia de uma escola", Porto Feliz, 1957.


FUNDADOR


alt JUVENAL PAIVA PEREIRA

Fundador
Cadeira 31

Filho de Venâncio José Pereira e Luiza Vieira de Almeida, o professor Juvenal Paiva Pereira nasceu em Itapetininga, e foi fundador da cadeira 31 da Academia Paulista de Educação. Exerceu o magistério primário de 1916 a 1930, e o secundário a partir de 1931.

Foi professor assistente de Psicologia e Pedagogia na então Escola Normal Peixoto Gomide.

Formado pela Faculdade de Odontologia de Itapetininga, foi professor na mesma faculdade. Lecionou muitos anos no Ginásio de Itapetininga e na Escola de Comércio da mesma cidade.

Publicou em 1935 a conferência sob o título “Problemas do Professor”, precursor do movimento em prol da regulamentação legal da carreira do magistério público.
Durante mais de meio século, militou em função educativa.




Adicione esta página